0

Domaine de Durban

VIOGNIER de Durban 2016

França

| IGP Vin de Pays de Vaucluse

O VIOGNIER DE DURBAN é um vinho elegante, de uma variedade distinta originária da região norte do Rhône, mas que na parte sul encontrou o solo rochoso e o microclima perfeitos para desenvolver todo o seu potencial. A exposição solar semelhante à Condrieu e a cadeia montanhosa em volta do Domaine oferecem uma posição única e privilegiada.
Um vinho branco exótico, encorpado e rico em textura, naturalmente aromático e carregado com frutas e qualidades florais, com delicadeza e mineralidade em boca. Acidez baixa, sem perder o frescor.

VIOGNIER de Durban 2016

Ficha Técnica

  • Uvas Viognier
  • Teor Alcoólico 13% Vol
  • Sugestão Guarda 3 a 4 anos
  • Visual Cor amarelo claro com leves reflexos verdes
  • Aroma Flores brancas delicadas, notas de lichia e pêssego.
  • Paladar Amanteigado, untuoso, com boa duração e ligeira vivacidade em boca. Deve ser servido gelado.

Descrição do Produto

O Viognier de Durban é um vinho muito equilibrado, que expressa a mineralidade do terreno rochoso onde crescem as vinhas. Por conta da maturação perfeita dos frutos, o Viognier de Durban traz consigo muitos aromas, mas sem perder a delicadeza. A Viognier é uma casta que lidera os vinhos brancos clássicos do Rhône e que em 1960 cobria pouquíssimos hectares da região, por se tratar de uma vinha “caprichosa” e de dificílimo e trabalhoso cultivo nas encostas pedregosas. Hoje a Viognier se espalhou pelo mundo, mas os melhores rótulos continuam sendo os do Rhône, que trazem mais leveza e frescor. O Viognier de Durban é um belo passo para quem gosta de Chardonay ou Sauvignon Blanc e quer expandir o repertório de vinhos brancos e também vai surpreender os que apreciam os brancos da Alsácia, como Riesling, Pinot Blanc e Gewurztraminer.

Harmonização

Com seu aroma frutado e floral e sabor delicado, mineral e fresco, o Viognier de Durban vai muito bem servido como aperitivo e com queijos suaves, harmoniza com peixes de sabor suave, sushis e sashimis, camarões, vieiras, além de pratos com amêndoas e castanhas. No inverno, é perfeito para acompanhar fondue de queijo.